Corpo Humano e Gestão – Parte V: Pernas

Nossas pernas ou Membros inferiores possuem 3 funções básicas e fundamentais para todos seres vivos: Locomoção, Equilíbrio e a Sustentação do corpo.

Para nós humanos, estes são formados por 62 ossos, que estão conectados ao restante do esqueleto pela cintura pélvica. Biologicamente podemos dizer que toda essas estruturas estão divididos em quatro grupos principais: ossos do quadril, coxa, perna e pé.

E no contexto de negócios, o que podemos representar sendo as “pernas” de nossas Empresas ? Resposta: Alinhamento Estratégico

ALINHAMENTO ESTRATÉGICO

É uma condição ou diferencial competitivo criado por nossas organizações com objetivo de fazer com que toda a estrutura possa “caminhar” na mesma direção. Vamos abordar todos os aspectos estruturais que irão direcionar esse importante fator de sucesso e conquistas de seus objetivos. Vejamos abaixo todos os aspectos que compõem esta estrutura de Alinhamento.



IDENTIDADE ORGANIZACIONAL

Precisamos desenvolver o que irei denominar de “DNA” do seu negócio. É aqui que iniciamos todo o processo estratégico, e que irá direcionar posturas e atitudes coerentes e alinhadas com todo o contexto corporativo.

  • Missão: É a razão pela qual a empresa existe. Em outras palavras, é a identificação do seu propósito. É a definição de como pretende fazer a diferença na vida dos seus clientes.
  • Visão: É uma bússola que irá servir para direcionar a todos os envolvidos na conquista de grandes objetivos. Este conteúdo necessariamente terá que ser palpável, com prazos definidos, e acima de tudo conectado com anseios e sonhos de seus colaboradores.
  • Valores: São princípios que definem todas as as ações e comportamentos de todos que fazem parte de uma empresa, como sócios, acionistas e colaboradores.


ORGANOGRAMA

É a base de estruturação de uma organização empresarial. Este, independe do porte e segmento do seu negócio. Trata-se do esqueleto Organizacional: Unidades de trabalho ou setores, Linhas de Comunicação, Hierarquia e suas divisões horizontais de Trabalho.

É a forma estrutural e organizacional de sua proposta de trabalho. Importante salientar que para cada tipo ou segmento, teremos modelo estratégico peculiar, conforme demanda e comportamento do contexto de competitividade.

Nesta etapa iremos delimitar todas as normas de contato e hierarquia entre departamentos e pessoas. Muito importante para o processo de conhecimento de normas e procedimentos que foram elaborados com critérios buscando a segurança e Desenvolvimento para melhor desempenho de todos os envolvidos.

RESPONSABILIDADE SOCIAL EMPRESARIALRSE

O conceito de responsabilidade social empresarial ou RSE representa o compromisso das organizações com a sociedade, e que tem alcance muito além da geração de empregos, impostos e lucros. Qual a relação que possui o alinhamento corporativo e Responsabilidade Social? Tudo! Essa organização e envolvimento com causas sociais de uma empresa, é necessário o engajamento dentro e fora do seu ambiente de trabalho. Trata-se de reforçar a verdadeiro propósito de uma empresa que procura melhorar seus relacionamentos com a sociedade e sua comunidade.

Todas as empresas têm o compromisso de realizar alinhamento de seus Objetivos e metas financeiras com todo contexto de desenvolvimento social e sustentável. Os lucros não estão acima de qualquer interesse, é uma via de mão dupla.

A preservação do meio ambiente, redução das desigualdades sociais e respeito a diversidade são pautas obrigatórias. Estamos vivenciando com incremento do acesso a internet e Redes Sociais, e com isso o aumento de consumidores conscientes, conectados com causas nobres. Este fato vem ocasionando mudanças radicais na forma e modelo em todo o processo do comportamento de consumo, no seu processo de decisão.

HABILIDADES HUMANAS

São formadas por pessoas, que denominaremos de Capital Intelectual. Fator de relevância no processo decisório e implementação de todos os objetivos corporativos.

A coexistência de uma conexão emocional e produtiva entre colaboradores e empresa, é fundamental no processo de sobrevivência e elaboração de diferenciais competitivos para o seu negócio.

Alguns aspectos são necessários para obtermos maximização de resultados, conforme características abaixo:



COMUNICAÇÃO INTERNA

A comunicação é uma forte ferramenta estratégica. Nela são realizados a interatividade com todos os envolvidos: Público interno ( Colaboradores ), Fornecedores, Comunidade, Clientes e Órgãos Públicos.

É o ato de posicionamento perante a todo o mercado. Toda empresa é um organismo “vivo”, e que requer sensibilidade na transmissão de conteúdos e sua forma. Esta pode ser planejada ou reativa. A primeira trabalha com objetivos claros e estratégias definidas. A segunda, possui foco na rapidez e transparência em demandas emergenciais.

O mais importante é que todos possam estar falando a “mesma língua” !!!

Opinem e registre seus comentários !!!!

Autor: José da Silva Girão Júnior

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *